São compatíveis na cama?



As pessoas conhecem-se apaixonam-se e iniciam uma relação; mas são compatíveis na cama? Gostam de fazer as mesmas coisas, ao mesmo tempo, ou têm estilos sexuais muito diferentes?

Procure responder sinceramente às seguintes questões e fique a saber...

1) Diria que a sua libido e a do seu parceiro/a são:

a) Praticamente iguais
b) Há algum desequilíbrio, mas sem importância
c) Há um desequilíbrio que poderá causar problemas

2) O seu parceiro/a mostra interesse em sexo anal. Como reage?

a) Acha uma boa ideia, pois interessa-lhe experimentar
b) Sente-se insegura/o mas disposta/o a experimentar
c) Diz-lhe que não está interessado/a

3) O seu parceiro/a sugere que desempenhem determinados papéis para fazer amor de uma forma diferente. Como reage?

a) Veste a roupa e desempenha um papel sensual
b) Concorda em desempenhar o seu papel, mas rejeita o uso de roupa/adereços
c) Acha uma péssima ideia. Prefere ser igual a si próprio/a

4) O seu parceiro/a diz obscenidades quando fazem amor. Como reage?

a) Adora a ideia e retribui
b) Acha que até é divertido
c) Acha embaraçoso

5) A sua posição sexual favorita é:

a) A mesma do seu parceiro/a
b) Diferente, mas ele/ela também gosta da sua
c) Diferente da do seu parceiro/a e ele/ela tenta evitá-la

6) No que toca ao sexo oral, o seu parceiro/a:

a) Dá-lhe prontamente todo o que deseja
b) Surpreende-o/a de vez em quando, e gostaria de mais
c) Necessita de muito incentivo

7) A duração dos preliminares que o seu parceiro/a aprecia é:

a) Exactamente a mesma que satisfaz as suas necessidades: está sempre pronto/a para o sexo no momento exacto
b) Ligeiramente diferente das suas necessidades, mas as divergências são ultrapassadas
c) Totalmente diferentes das suas necessidades. Um está sempre muito mais adiantado

8) Quando o seu companheiro/a o/a masturba, o que faz?

a) Fica deitado/a a gozar aquela sensação maravilhosa
b) Tem prazer, mas guia a mão dele/a, às vezes, para obter maior eficácia
c) Coloca a sua mão sobre a dele/a para sair tudo bem

9) Quando se trata de comandar as operações na cama:

a) Ambos intervêm, dependendo da disposição
b) Um lado é mais activo, mas não há problema
c) O desequilíbrio é de tal ordem que torna o sexo menos agradável

10) Os orgasmos que tem com o seu companheiro/a são:

a) Fantásticos e garantidos
b) Geralmente bastante bons
c) Bons... quando ocorrem

11) Apetece-lhe experimentar fazer amor de pé. O seu parceiro/a:

a) Excitadíssimo/a encosta-o/a à parede
b) Quer experimentar
c) Sugere outra posição da sua preferência

12) Gosta de fazer amor:

a) Em qualquer altura
b) Nem sempre às mesmas horas que o seu companheiro/a
c) A horas diferentes do seu companheiro/a

13) As posições que mais gostam são:

a) Muitas e variadas
b) Previsíveis mas satisfazem
c) Previsíveis e monótonas

14) Quando se trata de discutir a vossa vida sexual:

a) Acha fácil falar com o seu companheiro/a
b) Fala apenas quando há um problema
c) Acha difícil falar com o seu companheiro/a



RESPOSTAS

Se deu mais respostas (A) - São um casal perfeito. Dão-se bem e não têm qualquer problema em falar sobre sexo ou em experimentar coisas novas. É uma relação equilibrada, com muita variedade, e há disponibilidade, de parte a parte, para dar resposta às necessidades sexuais um do outro. Ambos são pessoas seguras e conseguem comunicar honestamente. Cada um conhece bem o corpo do parceiro e podem contar um com o outro para que o sexo continue a satisfazê-los plenamente.

Se deu mais respostas (B) - Formam um belo par e gozam uma vida sexual satisfatória, embora pudessem trabalhar um pouco mais no sentido de "apimentar" as coisas de vez em quando. Estão dispostos a aceitar novos desafios e preocupam-se com as necessidades um do outro. Contudo, se conversarem sobre os vossos desejos sexuais e destinarem mais tempo para estarem verdadeiramente juntos, melhorarão o que acontece na cama. Possivelmente, a iniciativa no sexo está um pouco desequilibrada. Se for esse o caso, tentem funcionar à vez e quem estiver um pouco nervoso (seja um ou o outro) em breve se tornará mais confiante.

Se deu mais respostas (C) - Esta relação tem possibilidades, mas precisam de falar sobre sexo e perceber o que cada um procura quando faz amor. Se a relação estiver no início, não há motivo para não se esforçarem no sentido de virem a conseguir uma vida sexual mutuamente satisfatória. Talvez sejam as vossas inibições que estão a interferir. Dediquem algum tempo para falarem dos vossos medos e necessidades. O estabelecimento de uma relação sexual confiante pode levar vários meses até descobrirem o que realmente funciona convosco.


Adaptado do original de Anne Hooper, SEXO perguntas e respostas, Editora Civilização


.
Enviar um comentário