Dia Mundial da Hepatite

Video internacional do Dia Mundial da Hepatite - World Hepatitis Alliance

História real:

"Quando descobri que tinha hepatite C foi um choque pois não me considero uma pessoa de riscos embora tenha tido amigos que pertenciam a essas classes mas nunca os discriminei por tal actos cada um é livre de fazer o que quer ainda mais com a sua vida contudo por vezes falávamos dessas escolhas.

Depois desta sentença revi toda a minha vida a tentar perceber como mas nunca encontrei a resposta para tal; podia ter sido no barbeiro, podia ter sido no dentista por descuido de alguém na esterilização ou até ao mexer na lâmpada que acompanha as consultas ou até mesmo na praia quando me piquei sem saber no quê e mais tarde dei com seringas na água quando a maré desceu. Enfim, com um virus tão antigo e resistente fora do organismo não é de admirar que 3% da população esteja infectada, muitos deles sem saber. Aí reside o perigo desta doença; não querer saber ou desconhecer esta doença. Claro que vasculhei a internet pois a conversa com o médico não foi muito animadora, muitas perguntas e poucas respostas. Com o passar do tempo fui encontrando muita informação e fui ficando mais tranquilo pois como esta é uma doença que podemos considerar silenciosa foi bom a ter descoberto pois não dá sintomas e quando os dá por vezes já é tarde demais.
.
Como a hepatite é uma doença discriminatória, acabei por ser mais um a esconder, a quem falava ou nunca mais me falavam ou evitavam passando por vezes para os passeios contrários na rua enfim pessoas, contudo serviu para distinguir os meus verdadeiros amigos que quiseram aprender o que era e me apoiaram.
.
Andei um ano e meio de médico em médico até um me dizer ‘vamos avançar com o tratamento’. Deu-me tempo para pensar e como estava numa fase importante da minha vida decidi adiar mas ele deu-me uma conversa e mais tempo para pensar no que tinha dito e lá decidi avançar. Claro, com tanta coisa na cabeça, comecei o tratamento sem saber nada sobre ele; na altura fui experimentar o novíssimo Peg intron e ribavirina que se mantem até a data, já nesse tempo se falava em outro aliado para os dois ou mesmo outro tipo de tratamento mas tal ainda não foi possível para a medicina.
.
Nesse dia li a bula ficando bastante preocupado e andei na net até sentir os primeiros sintomas..."
.
Enviar um comentário