Perguntas & Respostas - Fimose





"Ele tem dores durante o acto ..."

Aqui fica mais um pedido de ajuda de uma leitora do nosso BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!


(Nota: alguns destes pedidos serão publicados na Revista ANA de forma anónima)

"A pele que cobre a cabeça do pénis, do meu namorado, parece uma anilha quando fica com erecção. Ele diz que quando puxa a pele toda para trás, nos contactos mais íntimos, por vezes lhe dói. O que podemos fazer?"
Existe algum tipo de risco?"


A nossa resposta


Em princípio, a situação que descreve, trata-se de uma fimose, que consiste na existência de um prepúcio (pele que cobre o pénis) com diâmetro insuficiente para deixar passar a glande (cabeça do pénis) para fora, quando o pénis fica erecto (ou em casos extremos mesmo flácido).
Esta é uma condição frequente em muitos homens, mas que deve ser corrigida, pois pode causar dores, ou até fissuras, durante as relações sexuais, a masturbação ou em situações em que se faça uma tracção mais forte.

Na maioria dos casos, a solução passa por fazer uma pequena cirurgia, chamada circuncisão, em que se retira o excesso de prepúcio. Existem muitos homens circuncidados e, em alguns países, essa cirurgia é praticada mesmo sem haver uma necessidade fisiológica.

Entretanto, para que esta condição não seja um entrave na vossa sexualidade, procurem recorrer a um gel lubrificante, mesmo que não haja penetração, para que o atrito não seja tão forte.  

Como o esperado, numa relação sexual, é que se tenha prazer, a fimose pode ser um entrave para a qualidade da vida sexual.

Obrigado pela sua questão,


Fernando Eduardo Mesquita
Psicólogo - Sexólogo Clínico
Tel: 969091221



Veja outras questões dos nossos leitores aqui.
Veja outras respostas nos comentários e aproveite para deixar também a sua ajuda a este leitor.

Importante: se tiver alguma questão a colocar deverá enviar mail para: psicologiananet@gmail.com
Enviar um comentário