Portuguesas desconhecem risco de incontinência


São muitas as portuguesas (46,6%) que não sabem que à gravidez ou pós-parto pode estar associado o risco de incontinência urinária, apesar de 44,7% confessarem o medo de sofrer com o problema.

Os resultados de um inquérito realizado pela TENA, com o apoio da Spirituc, revelam ainda que 17,1% já sofreram de incontinência urinária, das quais 13% durante a gravidez, 3,4% no pós-parto e 0,7% em ambos os momentos, uma incidência maior nas mulheres mais velhas e nas grávidas com mais filhos. A importância dos exercícios pélvicos para controlar a bexiga só é conhecida por 31,4% das mulheres.


in, DESTAK, N.º 953, de 07Junho2008
Enviar um comentário