Quando os casais falam de sexo...


A qualidade comunicacional no casal tem sido apresentada como uma das melhores formas de prever a satisfação conjugal. Grande parte dos estudos sobre os processos de comunicação no casal tem recorrido a gravações de vídeo para analisar as expressões faciais e os comportamentos não-verbais do casal, durante a discussão sobre determinados assuntos.

Os estudos têm revelado que a comunicação dos casais menos felizes é caracterizada por níveis elevados de comportamento negativo (por exemplo, expressões de desdém) e baixos níveis de comportamento positivo (por exemplo, a validação).

Num estudo mais recente, avaliou-se a comunicação de diversos casais quando discutiam assuntos de cariz sexual. Neste estudo, participaram jovens recém-casados, que aceitaram que as suas interacções comunicacionais fossem gravadas, quando falavam sobre questões sexuais e não sexuais, a fim de determinar se estas interacções poderiam prever a satisfação conjugal. Os resultados mostraram que os comportamentos negativos durante as discussões sobre assuntos não sexuais não tiveram um impacto significativo na satisfação conjugal. Em contraste, verificaram-se baixos níveis de satisfação com a relação, principalmente nas mulheres, quando existiram expressões faciais e comportamentos não-verbais negativos, durante a discussão de um problema sexual.


Gostaria de melhorar a comunicação com a pessoa amada? Contacto

4 comentários:

Anónimo disse...

Acho muito importante a cumplicidade de um casal e isso se refere também à relação sexual....o casal que mantém essa relação consegue atingir um nível pleno de convivencia

Cor de Rosa e Carvão disse...

Oie Fernando. Muito bacana essa análise sobre o diálogo entre os amantes. Uma lástima que isso pouco aconteça entre os casais e quando há, vem cheia de agressividade, acusações, comportamentos negativos como dizes. Mas penso que isso é muito comum entre alguns tipos de casais, digamos assim, cujas variantes podem ser classificados como sócio-econômicas e de faixa etária. Mas, no geral, o que deve ser propagado mesmo é o viver bem.

Bjocas

Fernando Eduardo Mesquita disse...

Olá Sarah Sexy

sem dúvida a cumplicidade é um óptimo afrodisiaco para a relação ... e para o sexo ...

abraços

Fernando Eduardo Mesquita

Fernando Eduardo Mesquita disse...

Olá Cor de Rosa e Carvão

obrigado pelo comentário... sem dúvida o problema é que quando as coisas não estão bem numa relação existe a tendência para receber os comentários como algo negativo porque se adopta uma postura defensiva...

forte abraço,

Fernando Mesquita