Perguntas e Respostas - Falta de desejo



"Ele acha normal ter relações uma vez por mês"

Aqui fica mais um pedido de ajuda de uma leitora do BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!


Boa Tarde,

Eu tenho 26 anos e estou casada há cerca de um ano, gostaria que me ajuda-se numa tentativa de perceber melhor o meu marido em relação a nossa actividade sexual.

Enquanto namoramos (não foi muito tempo) tudo corria bem, porque só estávamos juntos ao fim de semana e tínhamos relações sexuais.O problema é que desde que casamos temos relações com pouca frequência e tudo piorou quando eu comecei a querer saber o porque e a falar sobre o assunto.

Apercebi-me que vivíamos o sexo de maneira completamente diferente no passado (quando não nos conhecíamos)...

Neste momento temos relações uma vez por mês, coisa que ele acha normal. Porém eu não só não o compreendo como tenho necessidade de ter uma vida sexual mais activa, mas sempre que tento conversar com ele sobre o assunto ele não acha normal e gera-se uma discussão. O nosso casamento corre bem a todos os outros níveis, porém esta situação faz com que eu não me sinta desejada, me sinta irritada e muitas vezes de mau humor.

Será que me poderia dar alguma sugestão?!



A nossa Resposta


Cara amiga,

ao
contrário do que muitas pessoas pensam, as questões associadas à Inibição do Desejo Sexual não são da exclusividade do sexo feminino. Na realidade, tenho acompanhado, cada vez mais, casais que se encontram nesta situação. Segundo o DSM-IV-TR, para que seja possível diagnosticar a presença de Inibição do Desejo Sexual deverão estar presentes os seguintes critérios:

  • Critério A – Desejo de actividade sexual e fantasias sexuais persistentemente ou recorrentemente deficientes (ou ausentes). Devem ser tidos em conta diversos factores que afectam o funcionamento sexual, como a idade e o contexto de vida da pessoa.
  • Critério B – A perturbação deve causar acentuado mal-estar ou dificuldade interpessoal.
  • Critério C- A disfunção não se explica melhor por outra perturbação do Eixo I (com excepção de outras disfunções sexuais), e não se deve exclusivamente aos efeitos fisiológicos directos de uma substância (por exemplo, uma droga de abuso, uma medicação) ou a um estado físico geral.

O baixo desejo pode ser:

  • Global – e envolver todas as formas de expressão sexual
  • Situacional – e limitado a um parceiro ou a uma actividade sexual específica (exemplo, relações sexuais mas não masturbação)
Normalmente, os casais procuram ajuda, nestes casos, quando existe um desfasamento entre o desejo dos elementos do casal. Podem ser diversos os motivos para a diminuição do desejo:

  • conflito relacional ou distanciamento emocional
  • stress/cansaço
  • depressão
  • hormonais
  • Vergonha
  • problemas de excitação sexual
  • dificuldades no orgasmo
  • Fraqueza
  • Dor
  • Problemas com imagem corporal
  • Preocupações acerca da sobrevivência (exemplo: desemprego)
  • entre outros
- TRATAMENTO –

Embora o tratamento possa envolver alguma medicação, ou alteração da mesma se estiver a ser medicado, é fundamental o acompanhamento de uma intervenção psicoterapeutica especializada no casal.

É importante que procure falar com o seu parceiro sobre as dificuldades que está a sentir e, quem sabe, sugerir procurarem ajuda especializada para o vosso problema. Existem muitas alternativas que vos poderão ajudar a ultrapassar estas dificuldades. Falem abertamente e escolham a que vos fizer mais sentido.

Espero, sinceramente, ter conseguido ajudar. Estarei disponível para vos ajudar sempre que considerem necessário. Um abraço,

Fernando Eduardo Mesquita
Psicólogo/Sexólogo Clínico
Tel: 969091221


Veja outras questões dos nossos leitores aqui.
Veja outras respostas nos comentários e aproveite para deixar também a sua ajuda a este leitor.
Enviar um comentário