Perguntas e Respostas - Disfunção Erectil



"
Aconteceu em todas as minhas primeiras vezes ...
começo a ficar bastante ansioso e as relações sexuais não correm bem"

Aqui fica mais um pedido de ajuda de um leitor do BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!



Olá..

Chamo-me XXXXX  tenho 23 anos e gostava que me tirassem algumas dúvidas que tenho tido.

1º Quando estou com uma rapariga, pela primeira vez, as relações sexuais nunca correm bem, já que quando começamos a tirar a roupa começo a ficar bastante ansioso, devendo-se a falta de confiança com a pessoa ou até mesmo a minha falta de confiança. E quando começo a relação sexual tenho uma ejaculação precoce. Como posso ultrapassar esta barreira? Aconteceu em todas as minhas primeiras vezes, com as raparigas que estive, o que para primeira impressão não é agradável.

2º tive uma relação com uma mulher mais velha do que eu (34 anos) e os nossos encontros, que foram 2, não correram bem. Aconteceu o que referi anteriormente, o ficar bastante ansioso e perdi desejo sexual (falta de ereção do pénis), durante o tempo que estive com ela nunca ficou ereto o meu pénis. Depois disto já estive com outras raparigas que anteriormente já tinha relações, e correu tudo normal, só que agora conhecei a namorar e quando íamos fazer relações sexuais comecei a ficar muito ansioso e com pensamento deste episódio anterior o que levou a que perdesse a ereção, também um receio que pode-se voltar a acontecer e ficar mal. Tem alguma explicação ou como me podem ajudar?

Obrigado pela atenção
Atenciosamente
XXXX



A nossa resposta

Caro amigo,

penso que, apesar de colocar a questão sobre o motivo das suas dificuldades na ereção, já sabe a resposta, aliás acaba por referi-la várias vezes … ANSIEDADE.!

Repare no seguinte: ao contrário dos restantes músculos o pénis, quando flácido, está em constante contração, não permitindo a entrada de sangue suficiente para que fique ereto. De uma forma muito simplificada, imagine que o seu pénis é uma banheira. Para que a banheira fique cheia é necessário abrir uma torneira. No caso do pénis a “torneira” são o conjunto de artérias, que permitem a passagem de sangue para os corpos cavernosos do pénis, e que, quando cheios de sangue, o tornam erecto (ou seja “a banheira fica cheia”). A ordem de “abrir a torneira” é dada pelo relaxamento muscular. Penso que assim é fácil de compreender a importância de estar relaxado para que possa ter uma erecão.


Veja agora outro aspeto, não menos importante. A ansiedade permite que o nosso organismo se prepare para dois tipos de resposta: fugir ou enfrentar uma ameaça. Quer uma, quer outra, requerem uma tensão/ativação muscular. Não se esqueça que, tal como referi anteriormente, a “torneira, do seu pénis” fica fechada quando existe uma contração muscular.

E ainda bem que é assim! Imagine, por exemplo, que está numa situação de perigo, quer opte por fugir, quer decida lutar, os seus músculos vão precisar da maior quantidade de sangue possível, para poderem reagir. Nestas situações, é mais do que provável que não precise de uma ereção (muito provavelmente até iria atrapalhar um pouco… não acha?). Desta forma, o sangue que seria deslocado para o pénis é enviado para outros músculos. Não sei se já reparou, mas se estiver no início de uma ereção e apanhar um susto esta desaparece quase de imediato (ou seja, existe uma “ordem cerebral” que manda fechar a mangueira, do seu pénis, para que o sangue seja deslocado para outros músculos). E assim, mais uma vez, podemos ver como é fabuloso o funcionamento do nosso corpo.

Espero que desta forma compreenda por que motivo é importante estar confiante e relaxado quando quiser ter relações sexuais. É normal que se sinta ansioso por muitos dos fatores que apresenta (não ter confiança na parceira, ser o primeiro encontro, considerar desagradável não ter uma ereção, etc.).

Pelo que li, parece-me saber que estes fatores não o ajudam a ter uma ereção, nem a controlar a ejaculação, então, porque insiste? Porque não experimenta criar primeiro uma relação de confiança e só depois partir para momentos mais íntimos? Procure também tirar a pressão que sente em “ter de ter” uma ereção! Se as coisas não estiverem a correr como deseja aproveite o momento para tirar prazer de outra forma. Vai ver que a ereção não é tão importante como pensa! Algumas pessoas restringem a sexualidade ao coito, esquecendo-se que o “Menu” da intimidade é muito mais rico.

Nas questões do AMOR só existe uma obrigação “Estima/Respeito mútuo” … as obrigações de se ter sempre ereções, orgasmo, ou aguentar a ejaculação “horas a fio”, (que muitas vezes ouvimos e lemos nos Média) apenas servem para tornar algo que é prazeiroso em temido… Não vá nessas cantigas!

Espero ter ajudado,

Abraço,

Fernando Eduardo Mesquita
Psicólogo/Sexólogo Clínico
Tel: 969091221

Veja outras questões dos nossos leitores
aqui.
Veja outras respostas nos comentários e aproveite para deixar também a sua ajuda a este leitor.
Enviar um comentário