Perguntas & Respostas - Prepúcio preso na Glande




"Após sexo a glande ficou descoberta"

Aqui fica mais um pedido de ajuda de uma leitora do nosso BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!


(Nota: alguns destes pedidos serão publicados na Revista ANA de forma anónima)



Boa tarde.

Dr. Fernando Eduardo Mesquita encontro-me com uma dúvida. Sou um jovem de 23 anos e agradecia que me ajuda-se. 

Perdi a virgindade há uns dias atrás e, no enquanto, acho estranho a glande, ou seja a cabeça do pénis, ter ficado descoberta. A glande não devia voltar a ficar coberta pelo prepúcio? No dia seguinte foi um pouco incomodo mas passados alguns dias já não me incomoda nada ou pouco.

Eu estive a fazer uma pequena pesquisa da Internet e uns dizem que é normal e alguns para ter algum cuidado. Mas gostaria de ter a certeza de alguém especializado. Já sei que vou ter mais cuidado com a glande por causa da higiene durante o banho.

Peco desculpas se estou a dizer alguns disparates a nível dos termos técnico da sua área mas aquilo que sei só que vi na Internet espero que esteja correto. 

Agradecia uma resposta sua.


A nossa resposta


Segundo a descrição que faz parece tratar-se de uma parafimose.

Esta condição ocorre quando existe incapacidade de fazer o prepúcio voltar a cobrir a glande do pénis após ter sido retraído, por exemplo, durante uma relação sexual. Nestes casos, pode-se verificar algum inchaço devido ao estrangulamento da glande e obstrução do fluxo sanguíneo.

Entre os diversos factores de risco estão a fimose, infecções do pénis ou a colocação de body piercings no pénis.

Se verificar pouco edema (inchaço) e não existir necrose da glande, recorra a um gel lubrificante e exerça uma pressão firme sobre a glande com o polegar enquanto puxa o prepúcio com os dedos da outra mão em forma de pinça. Utilize algum gelo na zona com edema.

Se, entretanto, a situação já voltou “ao normal” deverá ficar atento e ponderar a consulta a um médico para avaliar a necessidade, ou não, de uma pequena intervenção cirúrgica (geralmente circuncisão) para evitar que esta situação ocorra no futuro.

Se a condição persistir, deve procurar um médico para ser tratado o mais rapidamente possível, pois pode causar gangrena do pénis.

Obrigado pela questão,


Fernando Eduardo Mesquita
Psicólogo - Sexólogo Clínico
Tel: 969091221



Veja outras questões dos nossos leitores aqui.
Veja outras respostas nos comentários e aproveite para deixar também a sua ajuda a este leitor.

Importante: se tiver alguma questão a colocar deverá enviar mail para: psicologiananet@gmail.com
Enviar um comentário