Ele terminou mas põe Likes no meu Facebook



Aqui fica mais um pedido de ajuda de uma leitora do nosso BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ 

a compreender também os seus problemas...

PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!


(Nota: alguns destes pedidos serão publicados na Revista MARIA)



"Após um namoro de dois anos e meio, sem qualquer motivo aparente, o meu namorado decidiu acabar a relação. Desapareceu de um dia para o outro sem dizer nada. Na altura sofri bastante mas ele pura e simplesmente desapareceu sem dar qualquer justificação. Acontece que agora, passados 6 meses, todos os dias ele manda-me mensagens privadas, como se nada se tivesse passado, e põe likes em todas as minhas publicações no Facebook. Devo voltar para ele?"



A NOSSA RESPOSTA



Cara leitora, todos nós, todos os dias, temos de tomar certas decisões, independentemente de serem muito ponderadas ou bastante precipitadas. Acontece que muitas dessas decisões têm impacto direto ou indireto na vida de outras pessoas. Foi o que aconteceu com a leitora e o namorado. 

Parece que o seu namorado resolveu tomar uma decisão sem ter em consideração o impacto que a mesma teria sobre si. 

É certo que uma relação amorosa só faz sentido quando ambos os parceiros assim o desejam. Ou seja, de nada vale lutar por um amor que não é satisfatório ou correspondido. Portanto, ele teria todo o direito de dizer que, por qualquer motivo, a vossa relação já não fazia sentido e decidir terminar a relação. 

Porém, existe uma coisa muito importante que se chama “respeito” e foi algo que, a meu ver, ele não teve para consigo. Caso contrário, no mínimo, ele teria tido a preocupação de a procurar para ter uma conversa sincera consigo, para lhe dizer o que se estava a passar. Portanto, não me parece que a forma como ele desapareceu e resolveu aparecer, seja de uma pessoa madura e que sabe o que quer. 

Tenha em mente que, muitas vezes, este tipo de abordagem apenas serve para marcar presença. Como se existisse uma necessidade narcísica em saber que o outro ainda nutre algum tipo de sentimento, sem que exista uma vontade genuína de amor. 

Dedique algum tempo para refletir sobre tudo aquilo que aconteceu. 

A decisão de voltar ou não para ele cabe-lhe apenas a si. A leitora é a única responsável por escrever a sua história e, como tal, decidir o que é melhor para si! 

Obrigado pela sua questão,

Psicólogo - Sexólogo Clínico
Tel: 969091221




QUAL A SUA OPINIÃO?
Deixe o seu comentário!
Ajude os outros com a sua própria experiência 
OBRIGADO!

Importante: se tiver alguma questão a colocar deverá enviar mail para: psicologiananet@gmail.com




Enviar um comentário