Tratamentos

A Disfunção Eréctil pode ser tratada independentemente do grupo etário e, até, da etiologia.

Uma regra básica da terapêutica da Disfunção Eréctil impõe que se tentem sempre medidas menos infasivas. Assim, podemos classificar a terapêutica da Disfunção Eréctil em 3 níveis:

1) Terapêuticas de primeira linha - são constituidas pelas atitudes preventivas; pela psicoterapia; pela terapêutica hormonal de substituição; pelas terapêuticas orais e pelo dispositivo de erecção por vácuo.

2) Terapêuticas de segunda linha - reservadas para situações mais graves ou que não melhoraram com as terapêuticas de primeira linha, estão vocacionadas para serem administradas por andrologistas. São constituidas por terapêuticas intracavernosas e pelas terapêuticas intra-uretrais.

3) Terapêutica de terceira linha - para as situações ainda mais graves, recorre-se às técnicas cirurgicas.
Enviar um comentário