Perguntas e Respostas - Não tenho desejo


"Quando fazemos é um espetáculo... mas fujo das situações..."

Aqui fica mais um pedido de ajuda de um leitor do BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!


Olá,

Aviso desde já que não sei bem como isto funcionará, mas espero que seja algo deste género.

Dr. Mesquita, deve ouvir isto muitas vezes, mas não é nada fácil para mim contactá-lo por esta via. O meu nome é XXXXXX, tenho 25 anos, sou médico XXXXX, exercendo há cerca de 2 anos e meio. Tenho uma relação estável com a minha namorada há cerca de 2 anos e vivemos juntos há aproximadamente um. A minha namorada tem a minha idade e está a acabar o seu curso. Entendemo-nos muito bem, e, com a devida ressalva de que muitas vezes os nossos planos saem ao lado, é com ela que quero partilhar o resto da minha vida. E ela é linda!

Não tenho problemas de saúde diagnosticados à excepção de algumas perturbações de ansiedade devido a uns projectos que tenho vindo a desenvolver nos últimos tempos.

Quando fazemos amor corre tudo bem, não tenho problemas fisiológicos, no entanto já de algum tempo para cá noto que o meu desejo sexual tem vindo a diminuir, ou seja quando fazemos é um espectáculo, mas muitas vezes “fujo” das situações, evito o desenrolar das situações, parece que qualquer coisa me bloqueia...

Ela já começou a notar e tem-se queixado (com razão) o que me parece tem vindo a agravar ainda mais a situação. Isto nunca me aconteceu já tive vários relacionamentos e sempre foi um rapaz sexualmente bastante activo.

Não sei muito bem como lidar com isto mas tenho que me resolver antes que isto nos afecte ainda mais.

Agradecia as suas orientações.

Sem mais assunto de momento, fico a aguardar a sua resposta e desde já o meu obrigado.

XXXXXX



A nossa Resposta

Caro amigo,

a falta de desejo é um problema que, cada vez mais, afecta muitos homens. As exigências do dia-a-dia, o stress, o cansaço, entre muitos outros factores, podem estar na origem do seu problema. Não devemos esquecer a possibilidade da existência de causas biológicas, como é o caso de um baixo nível de Testosterona (a hormona, por excelência, do Desejo Sexual).

O "evitar" por vezes também está associado a uma monotonia na iniciativa sexual, por exemplo, ser sempre no quarto, à noite, etc.. Procurem variar os vossos encontros sexuais e experimentem coisas novas, como por exemplo, posições, uso de instrumentos, criação de fantasias, etc...

Não podemos esquecer que quando a relação não está bem, (como é o caso de falta de confiança, diálogo, etc.) a diminuição do desejo é um dos primeiro sintomas a surgir, como que um grito de alerta para algo que não está a correr bem!

Importa, também, que avalie as seguintes situações:

  • Quando tem relações sexuais sente prazer e fica satisfeito com as mesmas? Por exemplo, é frequente homens que tenham Ejaculação Prematura, ou Disfunção Eréctil, passado algum tempo começarem a perder o Desejo, uma vez que as relações lhes causam alguma frustração/angustia.
  • Deseja realmente a sua parceira?
  • Sente desejo por outras pessoas?
  • Como vai a sua auto-estima?
  • Fale abertamente com a sua namorada, o facto de referir que "ela começa a notar", faz-me supor que ainda não falaram sobre este assunto. Lembre-se que, como não sabe, ela poderá começar a "criar fantasias" sobre as causas do seu afastamento que podem não corresponder à realidade e isso levar a um afastamento, cada vez mais progressivo entre vocês dois.
Espero, sinceramente, ter conseguido ajudar. Estarei disponível para o ajudar sempre que necessário. Um abraço,

Fernando Eduardo Mesquita
Psicólogo/Sexólogo Clínico
Tel: 969091221



Veja outras questões dos nossos leitores aqui.
Veja outras respostas nos comentários e aproveite para deixar também a sua ajuda a este leitor.
Enviar um comentário