Ele dá-me tudo excepto atenção e respeito




"Ele dá-me tudo o que preciso,
excepto atenção e respeito"


Aqui fica mais um pedido de ajuda de uma leitora do nosso BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!

(Nota: alguns destes pedidos serão publicados na Revista ANA de forma anónima)


"Estou a viver uma situação muito complicada no meu casamento. O meu marido é um reconhecido empresário, com capacidade financeira muito acima da média. Por questões de trabalho, raramente está em casa e bebe demais.

Ultimamente, ele atira-me à cara que eu engravidei para o obrigar a ficar comigo, que ele não queria ter filhos, que não gosta de mim e que mantém o casamento por causa da nossa filha de três anos.

Apesar de tudo, não quero perdê-lo, pois dá-me tudo o que preciso excepto atenção e respeito. O que posso fazer?"


A nossa resposta


Cara leitora,

ao longo da vida, fazemos diversas escolhas, que nem sempre são as melhores. Reconhecer que se errou e procurar mudar, para que não se volte a cair no mesmo equívoco, faz parte da aprendizagem humana. Agora, errar, reconhecer que se errou e insistir, ou persistir, nesse erro já é uma atitude auto-mutilante.

Uma mente saudável não desrespeita nem humilha, mas também, não aceita desrespeitos ou humilhações. Pelo que descreve, restam poucas dúvidas que já não existe amor ou respeito no vosso casamento. No fundo, parece-me que estão juntos por “conveniência”, no seu caso monetária e na dele, talvez, social.

Dedique algum tempo para ver se realmente quer manter essa relação como está, e se aquilo que recebe lhe “paga” a falta de atenção e respeito que sente. Independentemente da decisão que tomarem, penso que não é justo apontar a vossa filha como motivo para continuarem o casamento.


Fernando Eduardo Mesquita
Psicólogo - Sexólogo Clínico
Tel: 969091221

UMA PARCERIA
TERAPIAS SEXUAIS
&


Veja outras questões dos nossos leitores aqui.
Veja outras respostas nos comentários e aproveite para deixar também a sua ajuda a este leitor.

Importante: se tiver alguma questão a colocar deverá enviar mail para: psicologiananet@gmail.com

Enviar um comentário